Dicas para entrevistas de emprego

Ser convidado para uma entrevista é um momento muito importante, tanto para o candidato como para nós. É nessa altura que iremos decidir se somos compatíveis.  

Apresentar os nossos candidatos a alguns dos nossos colaboradores é a melhor forma de mostrar a nossa personalidade  – o espírito da Hilti, por assim dizer. Faremos todos os esforços para proporcionar esse encontro antes da entrevista. Assim, será possível descobrir se partilhamos os mesmos valores e mentalidade e se seremos capazes de trabalhar em parceria. 

Seja qual for o cargo ou o país ao qual se candidate, a sua primeira entrevista terá a duração de cerca de uma hora. Se tudo correr bem, será convidado para uma segunda e terceira entrevista, rapidamente seguida de uma proposta de trabalho caso seja o candidato selecionado.

Para o ajudar a preparar a sua entrevista, deixamos-lhe aqui algumas dicas dos nossos colaboradores. Esperemos que estas lhe sejam úteis, mesmo que esta não seja a sua primeira entrevista.
 

Mostre-nos do que é capaz

Seja você mesmo. Estamos aqui para o conhecer a si, portanto não tenha receio de mostrar a sua personalidade. Procuramos pessoas que se enquadrem genuinamente na nossa cultura e que possam evoluir profissionalmente na nossa empresa. Não tente parecer diferente do que é, já que, a longo prazo, isso não lhe trará qualquer benefício a si ou à nossa empresa. Por isso, descontraia e seja honesto e transparente. 

Mostre paixão. Se a sua paixão passa por construir um futuro melhor, venha conversar connosco. Não se deixe inibir com formalidades ou protocolo. Queremos essa sua energia e entusiasmo, quer seja conhecedor desta indústria ou não.

Seja curioso. Procuramos pessoas com vontade de aprender, com coragem para desafiar o status e o desejo de melhorar continuamente, incluindo a si mesmo. Essa é a melhor maneira de conseguir dar o melhor de si, de nos ajudar a crescer enquanto empresa, e de progredir na sua carreira.                                               

Fale abertamente. Não temos uma checklist, por isso não tenha receio de dar a resposta "errada". Não existem respostas erradas. Todos têm qualidades e fraquezas. Reconhecer os seus pontos fracos e falar sobre eles pode marcar a diferença entre si e outros candidatos. 

Invista um pouco do seu tempo. Dedique algum do seu tempo a informar-se sobre a nossa empresa antes de vir à entrevista. Para além de demonstrar o seu interesse, esta é uma excelente forma de expressar o seu entusiasmo pelo trabalho que realizamos e pelos nossos valores.

Imagine-se a trabalhar connosco. E dizemo-lo literalmente. Imagine-se a trabalhar com as pessoas que o estão a entrevistar, já que estes refletem os valores da nossa empresa. Se conseguir imaginar-se a trabalhar com os seus entrevistadores, então está no sítio certo. 

Seja transparente. Somos uma empresa feita de pessoas, daí que a questão da personalidade seja muito importante para nós. Se entre você e a Hilti se der um encontro de interesses e formas de estar na vida, é bom sinal. Por isso, não venha com respostas já preparadas. Queremos conhecê-lo a si, honesto, espontâneo e terra-a-terra.

Ponha-se à vontade. Muitos dos nossos colaboradores dir-lhe-ão que se sentiram em casa na Hilti desde o dia da entrevista. Se sentir o mesmo, isso diz muito sobre se será compatível com a vida na Hilti. Aquilo que vir na entrevista é aquilo que verá se  for convidado a trabalhar connosco. Não há surpresas. Por isso, pense menos na função, na localização, no salário, e pense mais sobre se seria feliz aqui.Precisamos que venha trabalhar feliz todos os dias, por isso é importante que fique com uma impressão positiva.

Compreenda os nossos valores. Os nossos valores de integridade, coragem, trabalho de equipa e compromisso são realmente importantes para nós. São a alma da nossa empresa. Se se identifica com os nossos valores, gostaríamos de saber o como e o porquê.

Dê exemplos concretos. Tente partilhar exemplos reais de momentos em que alcançou objetivos importantes ou da forma como abordou determinada situação. Queremos conhecer a sua forma de lidar com as situações, e não qual seria a forma correta de o fazer, de acordo com uma certa cultura empresarial ou qualquer outra teoria hipotética. Queremos ficar a conhecer o candidato que está à nossa frente.

Afinal, é para isso que fazemos entrevistas. 
Estamos desejosos de o conhecer. Boa sorte!